Dicas de boas praticas na área de OLT
Made4it - 1
O que é OLT (Optical Line Terminal) ?
14/02/2022
Made4it - 3 1
Integração com o Telegram – Made4Flow Anti-DDoS | Atualização Made4Flow | Fevereiro de 2022 | [v1.2.1 (2022-02-01)]
17/02/2022

Boas práticas de OLT para serem implantadas em provedores de internet

boas-praticas-olt

Meu nome é Zanclair Ferrari Junior, sou consultor N3 na Made4it. Diariamente implantamos, resolvemos problemas e realizamos ações nas OLTs afim de melhorar a performance e garantir maior segurança aos provedores de internet. Pensando nisso trouxemos 3 dicas de boas práticas que devem ser implantadas em todo os provedores de internet na parte das OLTs.

Já falamos sobre o que é uma OLT em outra postagem nosso blog e você pode ler clicando aqui.

Vamos ver quais são as dicas e porque consideramos essas ações essências para os provedores de internet.

1- Remover o PVID da interface do switch que atende a OLT
Quando ativamos uma OLT na rede, geralmente ligamos ela a um switch, e na interface passamos as VLANs que precisamos em trunk (tagged), mas esquecemos do PVID (Port VLAN ID) da interface, que é a VLAN que o switch possui para marcar uma tag de VLAN em frames que não possuem uma (entenda que para o switch, internamente, todo frame possui uma VLAN, vindo ela externamente ou não) e que por padrão é a VLAN 1.

Agora imagine o cenário em que, por algum motivo, a OLT “vaze” o tráfego que ela possui de comunicação com as ONUs internamente pela sua uplink, pelo seu PVID, o switch receba isso, como está sem tag de VLAN, marca com a VLAN do PVID e passa para frente pela VLAN do PVID para uma outra OLT, que também está vazando seu tráfego de comunicação interna com as ONUs pela uplink, acredite, isso é comum, o que ocasiona diversas anomalias, como looping interno, ONUs flapando, e diversos outros comportamentos anormais, então por boa prática, se está ligado a um switch, é interessante remover este PVID da interface do switch com a OLT, para não vazar trafego indesejado. Para cada switch essa configuração é diferente.

2- Desabilitar o STP da interface do switch que atende a OLT
Por padrão, na maioria dos fabricantes, o STP (Spanning Tree Protocol) vem habilitado nas interfaces de switches, pois tem um motivo para isso, evitar looping na rede, mas pensando em uma conexão com OLT, se o BPDU do STP de alguma ONU/cliente subir e passar pela uplink da OLT e chegar no switch, como o STP está habilitado na interface, vai ser negociado.
Agora imagine se, por algum motivo, o STP trocado decida que a interface com a OLT é uma de backup e desabilita ela, consequentemente parando a OLT toda, ou que o cliente é o root bridge, afetando todo o STP da rede, é um risco muito grande, acredite, isso é comum.
Há até algumas fabricantes de OLT, como a Huawei, que bloqueiam este BPDU de STP por padrão vindo de ONU para uplink, mas em outros fabricantes não possuem este recurso, o que pode ocasionar sérios problemas por ali, então por boa prática, desabilite o STP na interface do switch com a OLT.

3- Autosave diário (Backup automático)
Quando realizamos uma alteração na configuração de uma OLT, temos que salvar (persistir a configuração) nela em algum momento, se não a informação será perdida caso ela reinicie ou tenha problema, porém a vida útil desta memória é limitada na quantidade de vezes que pode ser escrita, ou seja, se salvarmos a todo momento que ativa ou remove uma ONU, fazendo isso 30x por dia, está diminuindo a vida útil dela drasticamente, logo o tempo de vida da OLT será menor, já que, geralmente, não é possível trocar esta memória facilmente.
Por boa prática então utilizamos o “autosave”, o nome pode variar para cada fabricante, mas é uma função que você consegue definir um horário, por exemplo as 19h todos os dias, para a OLT salvar automaticamente as mudanças realizadas, ou seja, se por algum motivo a OLT reiniciar, o máximo que pode ocorrer é perder as modificações do dia, e com isso garantimos que a memória irá durar por mais tempo.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre OLT ou então esteja procurando por algum trabalho de implantação e suporte para ISP entre em contato com nossa equipe.

Você pode saber mais sobre nossa consultoria clicando aqui ou então ser direcionado direto para nosso WhatsApp para conversar com nosso time comercial 

Made4it - Ativo 1 1

Zanclair Ferrari Junior | Consultor Redes
JNCIS-SP | CCNA | HCIA | MTCRE

Deixe uma resposta